Desenvolvimento de aplicações a jato com Symfony2

Gostaria de disponibilizar os slides de uma apresentação que tenho feito sobre Desenvolvimento de Aplicações a Jato com Symfony2.

Após algum tempo pesquisando sobre tecnologias de desenvolvimento ágil e geração automática de código, selecionei um conjunto de componentes que juntos possibilitam uma produtividade incrivelmente alta de desenvolvimento de aplicações web.

  • Skipper18;
  • Symfony2;
  • Doctrine2;
  • Sonata Bundles;

Um dos grandes problemas para iniciar o uso de uma nova tecnologia é a curva de aprendizagem. Sempre que possível, é bastante recomendado o uso de IDEs para auxiliar essa iteração com a tecnologia, permitindo que essa curva seja superada em menos tempo e garantindo maior produtividade aos desenvolvedores de um projeto.

O Skipper18 (http://www.skipper18.com/) é uma aplicação incrível, com ela você consegue criar todos os arquivos de mapeamento objeto-relacional com Doctrine2. A solução suporta ainda o Propel e outros ORMs. Outro fator interessante, é que ela se comporta de maneira especial para cada um dos principais frameworks MVCs, como é o caso do Symfony2.

Com o Skipper18 é possível criar uma estrutura de bundles, semelhante ao seu projeto, e exportar os arquivos diretamente para a pasta de destino.

Aliado aos mecanismos de geração de código proporcionados pelos Symfony2 e Sonata é possível desenvolver uma aplicação completa em apenas algumas horas.

Muito em breve, adicionarei mais detalhes nesse post.

 

 


















Até quando você pode ignorar isso?

No Brasil existem centenas de crianças indígenas que são enterradas vivas todos os anos na Amazônia. Muitos estudiosos consideram que o o homem civilizado não pode interferir na cultura indígena, porém a garantia do direito a vida dessas crianças precisa estar acima de qualquer valor cultural. O direito da cultura indígena termina quando o direito a vida de uma criança se inicia!

A matéria abaixo produzida pela TV Record esclarece muitos fatos sobre esse assunto.

Assine a petição pública que tem como objetivo colocar fim nesta prática.

Assine a petição pública

Assine a petição pública

Essa deve ser a prioridade de uma Comissão de Direitos Humanos, o direito a vida deve ser prioridade, acima de posições ideológicas a respeito da sexualidade humana. Devemos cobrar que assuntos como esse sejam abordados nas comissões da Câmara e Senado.

O vídeo abaixo é uma simulação desta prática. CASO VOCÊ PRETENDA CONTINUAR OMISSO DIANTE DESSE FATO, PARA O SEU BEM, POR FAVOR, NÃO ASSISTA O VÍDEO ABAIXO:

Caso você queira se aprofundar mais sobre o assunto recomendo os seguintes vídeos:

A acessora parlamentar Drª Damares adotou uma criança indígena e apoia um lar que abriga famílias indígenas que fogem da prática do infanticídio.

Debate promovido pela TV Justiça sobre esse tema.

Devemos sofrer as consequências?

O que fazer quando as consequências chegam?

Pense...

O que fazer?

Leia 2 Samuel 12.7-25:

“Então disse Natã a Davi: Tu és este homem. Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e eu te livrei das mãos de Saul;
E te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio, e também te dei a casa de Israel e de Judá, e, se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas.
Porque, pois, desprezaste a palavra do SENHOR, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom.
Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher.
Assim diz o SENHOR: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.
Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol.
Então disse Davi a Natã: Pequei contra o SENHOR. E disse Natã a Davi: Também o SENHOR perdoou o teu pecado; não morrerás.
Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do SENHOR blasfemem, também o filho que te nasceu certamente morrerá.
Então Natã foi para sua casa; e o SENHOR feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi, e adoeceu gravemente.
E buscou Davi a Deus pela criança; e jejuou Davi, e entrou, e passou a noite prostrado sobre a terra.
Então os anciãos da sua casa se levantaram e foram a ele, para o levantar da terra; porém ele não quis, e não comeu pão com eles.
E sucedeu que ao sétimo dia morreu a criança; e temiam os servos de Davi dizer-lhe que a criança estava morta, porque diziam: Eis que, sendo a criança ainda viva, lhe falávamos, porém não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança está morta? Porque mais lhe afligiria.
Viu, porém, Davi que seus servos falavam baixo, e entendeu Davi que a criança estava morta, pelo que disse Davi a seus servos: Está morta a criança? E eles disseram: Está morta.
Então Davi se levantou da terra, e se lavou, e se ungiu, e mudou de roupas, e entrou na casa do SENHOR, e adorou. Então foi à sua casa, e pediu pão; e lhe puseram pão, e comeu.
E disseram-lhe seus servos: Que é isto que fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém depois que morreu a criança te levantaste e comeste pão.
E disse ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se DEUS se compadecerá de mim, e viverá a criança?
Porém, agora que está morta, porque jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.
Então consolou Davi a Bate-Seba, sua mulher, e entrou a ela, e se deitou com ela, e ela deu à luz um filho, e deu-lhe o nome de Salomão; e o SENHOR o amou.
E enviou pela mão do profeta Natã, dando-lhe o nome de Jedidias, por amor ao SENHOR.”

Davi fez o que era mal perante os olhos de Deus, foi perdoado e por isso não morreu. Porém ele precisava sofrer as consequências, se a sofreu com a morte do seu filho.

Deus está sempre pronto para nos perdoar, mas cada vez que erramos, nos afastamos dEle, e Ele se entristece, pois estamos saindo do plano de Deus para a nossa vida. Ele tem o melhor para nós!

Leia: Isaías 55.8,9.

Deus traçou um caminho perfeito para a nossa vida, melhor que qualquer outro que possamos imaginar. Davi se desviou do plano de Deus, mas quando sofreu a consequência adorou a Deus (2Sm12.20). Ainda em tempo Davi retornou para o caminho do Senhor! Nosso Pai é misericordioso (Hb 8.12), e transforma a maldição em benção (Ne 13.12b).

Quando Davi decidiu-se a voltar para o caminho do Senhor, Deus consertou a sua vida, sua esposa se tornou uma benção, eles tiveram um filho legítimo, debaixo da vontade de Deus.

Jesus nos chama para viver uma vida ao Seu lado!

Leia:  Mt 11.28-30.

Viva sempre ao lado do Senhor, não se desvie do Seu propósito, e viva somente as promessas que o Senhor dos Exércitos reservou para você!

“Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.”

Isaías 55.6

Alianças não foram feitas para serem quebradas!

“Dois jovens foram para a guerra e fizeram uma aliança de lutarem juntos e guardar um a vida do outro. Por sorte, foram designados para o mesmo batalhão e lutaram bravamente muitas batalhas. Mas, certo dia, um deles foi enviado em uma missão com outro soldado e ambos foram gravemente feridos. Ao sentir a falta do amigo, o que ficara pediu ao comandante para deixá-lo ir atrás do seu amigo. Depois de muita insistência, o comandante permitiu. Ao voltar com seu amigo morto, o comandante disse: “Eu falei que não valia a pena você ir atrás dele”. O rapaz respondeu: “Valeu sim, pois a última coisa que ele disse foi: ‘Eu sabia que você viria'”.

Aliança + Palavra de Deus

 

Estamos vivendo um tempo em que as amizades são descartáveis, quando estamos insatisfeitos simplesmente desistimos das pessoas. Nos julgamos no direito de selecionar aqueles que estarão a nossa volta.

A palavra de Deus nos ensina em Marcos 16.15 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”, Cristo não faz acepção de pessoas, e sem dúvidas, nós não devemos fazer.

Devemos fazer alianças com nossos irmãos, e cumprí-las. O casamento é a segunda decisão mais importante da vida de um homem ou mulher. Mais importante que esta, apenas a decisão por Jesus Cristo.

A Bíblia nos ensina em Gênesis 2.22 que Deus criou a mulher da costela de Adão, criou da costela, pois essa está no meio. E fez assim para que a mulher não estivesse acima, nem abaixo do homem.

Existe um dito popular que diz: “Atrás de um grande homem há sempre uma grande mulher”, pois eu creio que “Ao lado de um grande homem há sempre uma grande mulher”.

Lado a lado. Mãos dadas.

Por fim, gostaria de citar Eclesiastes 9.9
“Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias de vida da tua vaidade; os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua porção nesta vida e do teu trabalho que tu fizeste debaixo do sol.”

Deus tem reservado para você uma mulher, para compartilhar com ela tudo o que conquistar, para que juntos desfrutem de uma aliança abençoada por Deus por toda a vida.

A menina de Deus!

É com os olhos cheio de lágrimas que escrevo esse post.
Por favor, invista alguns minutos do seu precioso tempo para ouvir o que essa jovem tem a dizer.


Alguns trechos:

(…) Amadas por muito, mas especialmente por Deus. Eu sou a menina dEle, e sou uma princesa. Você não brinca com a menina de Deus!
(…) Se o aborto diz respeito somente aos direitos da mulher. Então quais são os meus direitos?