Devemos sofrer as consequências?

O que fazer quando as consequências chegam?

Pense...

O que fazer?

Leia 2 Samuel 12.7-25:

“Então disse Natã a Davi: Tu és este homem. Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e eu te livrei das mãos de Saul;
E te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio, e também te dei a casa de Israel e de Judá, e, se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas.
Porque, pois, desprezaste a palavra do SENHOR, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom.
Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher.
Assim diz o SENHOR: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.
Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol.
Então disse Davi a Natã: Pequei contra o SENHOR. E disse Natã a Davi: Também o SENHOR perdoou o teu pecado; não morrerás.
Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do SENHOR blasfemem, também o filho que te nasceu certamente morrerá.
Então Natã foi para sua casa; e o SENHOR feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi, e adoeceu gravemente.
E buscou Davi a Deus pela criança; e jejuou Davi, e entrou, e passou a noite prostrado sobre a terra.
Então os anciãos da sua casa se levantaram e foram a ele, para o levantar da terra; porém ele não quis, e não comeu pão com eles.
E sucedeu que ao sétimo dia morreu a criança; e temiam os servos de Davi dizer-lhe que a criança estava morta, porque diziam: Eis que, sendo a criança ainda viva, lhe falávamos, porém não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança está morta? Porque mais lhe afligiria.
Viu, porém, Davi que seus servos falavam baixo, e entendeu Davi que a criança estava morta, pelo que disse Davi a seus servos: Está morta a criança? E eles disseram: Está morta.
Então Davi se levantou da terra, e se lavou, e se ungiu, e mudou de roupas, e entrou na casa do SENHOR, e adorou. Então foi à sua casa, e pediu pão; e lhe puseram pão, e comeu.
E disseram-lhe seus servos: Que é isto que fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém depois que morreu a criança te levantaste e comeste pão.
E disse ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se DEUS se compadecerá de mim, e viverá a criança?
Porém, agora que está morta, porque jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.
Então consolou Davi a Bate-Seba, sua mulher, e entrou a ela, e se deitou com ela, e ela deu à luz um filho, e deu-lhe o nome de Salomão; e o SENHOR o amou.
E enviou pela mão do profeta Natã, dando-lhe o nome de Jedidias, por amor ao SENHOR.”

Davi fez o que era mal perante os olhos de Deus, foi perdoado e por isso não morreu. Porém ele precisava sofrer as consequências, se a sofreu com a morte do seu filho.

Deus está sempre pronto para nos perdoar, mas cada vez que erramos, nos afastamos dEle, e Ele se entristece, pois estamos saindo do plano de Deus para a nossa vida. Ele tem o melhor para nós!

Leia: Isaías 55.8,9.

Deus traçou um caminho perfeito para a nossa vida, melhor que qualquer outro que possamos imaginar. Davi se desviou do plano de Deus, mas quando sofreu a consequência adorou a Deus (2Sm12.20). Ainda em tempo Davi retornou para o caminho do Senhor! Nosso Pai é misericordioso (Hb 8.12), e transforma a maldição em benção (Ne 13.12b).

Quando Davi decidiu-se a voltar para o caminho do Senhor, Deus consertou a sua vida, sua esposa se tornou uma benção, eles tiveram um filho legítimo, debaixo da vontade de Deus.

Jesus nos chama para viver uma vida ao Seu lado!

Leia:  Mt 11.28-30.

Viva sempre ao lado do Senhor, não se desvie do Seu propósito, e viva somente as promessas que o Senhor dos Exércitos reservou para você!

“Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.”

Isaías 55.6

0 Responses to “Devemos sofrer as consequências?”


  • No Comments

Leave a Reply